Governo reajusta valor do Salário Mínimo para 2018

Fale com um especialista agora gratuitamente!
Nesse artigo você vai ver:

Os trabalhadores brasileiros precisam ficar atentos! Como em todo início de ano, foram divulgados os novos valores do Salário Mínimo vigente para o ano de 2018.

É necessário prestar atenção, pois também foram reajustados os valores dos Benefícios Sociais que são concedidos aos colaboradores, como abono salarial, seguro desemprego, benefícios assistenciais, contribuições do INSS e outros.

Quer ficar informado sobre todas as mudanças? Então continue acompanhando esse post! Reuni os tudo o que você precisa alguns parágrafos abaixo!!

Vamos conferir?

 

Novo valor do Salário Mínimo de 2018

No dia 1 de janeiro de 2018 (segunda-feira), começou a valer o novo salário mínimo no nosso país! Segundo o Governo, o novo valor será de R$ 954,00, 1,81% superior aos R$ 937,00 vigentes em 2017.

De acordo com o Portal G1, esse reajuste foi considerado o menor em 24 anos, devido aos altos níveis de inflação! A partir do gráfico abaixo, é possível conferir a variação do salário mínimo no Brasil nos últimos 6 anos:

Como é possível perceber, o reajuste foi bem menor comparando com os anos anteriores.

Outro ponto alterado e que não podemos esquecer, foi o valor diário do salário mínimo e da hora trabalhada, que agora correspondem, respectivamente, a R$ 31,80 e $R 4,34.

Essas mudanças ocorreram devido a Reforma Trabalhista, que permitiu que um colaborador seja contratado por hora ou por dia.

É importante lembrar também que a maioria dos estados seguem o valor do Salário Mínimo estabelecido pelo Governo Federal, mas alguns estados como São Paulo, possuem um piso regional superior a esse valor, que é pago a maior parte dos trabalhadores.

Em 2018, há uma previsão de que o piso paulista fique em R$ 1.108,38, para a faixa I e R$ 1.127,23 para a faixa II. Tendo um reajuste de 2,99% comparando com os valores do ano passado.

Outros estados como Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul também adotam um piso regional, mas o novo valor ainda não foi definido.

 

O que muda com o aumento de R$ 17 do novo salário mínimo?

Como disse no início desse post, o reajuste do salário mínimo também provocou alterações nos valores de benefícios sociais. Confira a seguir as mudanças provocadas e fique atento aos novos valores estabelecidos!

 

Abono Salarial (PIS):

Em relação ao Abono Salarial, foram divulgados os novos valores que serão pagos aos trabalhadores, que irão variar de R$ 79,50 a R$ 954,00.

O cálculo do valor desse benefício corresponde ao número de meses trabalhados no ano-base multiplicado por 1/12 do valor do salário mínimo vigente na data do pagamento!

O Abono Salarial é um benefício oferecido aos trabalhadores da iniciativa privada que recebem remuneração mensal de até dois salários mínimos. A variação do valor que cada empregado irá receber é decorrente do tempo de serviço de cada um ao ano.

 

Seguro – Desemprego:

Com o reajuste do Salário Mínimo, houve mudança no valor da parcela mínima do seguro-desemprego, passando de R$ 937,00 para R$ 954,00.

Mas é necessário ficar atento!

Pessoas que tiverem a parcela emitida até 10 de janeiro, receberão o valor do Seguro-Desemprego com base no Salário Mínimo de 2017. Já parcelas emitidas a partir de 11 de janeiro, serão reajustadas com o novo valor!

Esse benefício é concedido pelo poder público ao trabalhador desempregado, com o intuito de lhe garantir assistência temporária, em razão de dispensa sem justa causa ou de paralisação das atividades de sua empresa.

Mas, é importante prestar atenção em um ponto: colaboradores que fizeram acordo para não serem demitidos não terão mais o direito de receber o Seguro-Desemprego, de acordo com as novas regras da Reforma Trabalhista.

 

Aposentados e Pensionistas do INSS:

Houve alteração também nos valores pagos aos aposentados e pensionistas do INSS! Seguindo o reajuste do Salário Mínimo, o novo valor será de R$954,00.

 

Benefício Assistencial:

Os idosos com 65 anos ou mais e as pessoas com deficiência que recebem o BPC (Benefício da Prestação Continuada) da LOAS (Lei Orgânica da Assistência Social) também passam a receber R$ 954,00, seguindo o reajuste do novo salário mínimo.

 

Concluindo …

Bom, espero que essas informações sejam úteis para você! Quando se trata de mudanças no valor de algum Benefício concedido ao trabalhador, tanto a população, quanto o Departamento Pessoal das empresas devem ficar atentos as novas regras, para evitar multas e desentendimentos desnecessários.

Além disso, é importante prestar atenção, pois esse assunto envolve todos os trabalhadores do Brasil e podem trazer grandes alterações em suas formas de consumo!

Tentei ser o mais breve possível nesse post e falar apenas das mudanças que ocorreram com o novo valor do Salário Mínimo!  Caso você queira saber mais a respeito , mande um e-mail para cinthia@diretocontabilidade.com.br ou entre em contato com as nossas redes sociais: Linkedin, Facebook e Twitter!

Vamos adorar receber suas sugestões e críticas!

Aah! Falando em alterações e mudanças em 2018, você já conferiu as novidades do EFD-Reinf? Não? Então veja esse post aqui no Blog da Direto: EFD-Reinf: Novidades para 2018, fique atento! É importante ficar atento, pois assim como o Salário Mínimo, as novas regras já entraram em vigor!

Por Cinthia Sayuri, departamento de Marketing da Direto Contabilidade, Gestão e Consultoria.

Compartilhe nas redes:

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Artigo - Direto Group - Contabilidade em São Paulo - SP

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Planejamento tributário para Family Office: Faça corretamente!

Planejamento tributário para Family Office, você sabe como fazer corretamente?  Então, fique tranquilo! Elaboramos este artigo para que você tire suas dúvidas de como funciona este tipo de planejamento tributário e tudo o que envolve sua estrutura!  O planejamento tributário é uma atividade que tem por objetivo diminuir a carga

BPO Financeiro para Family Office: principais vantagens

BPO Financeiro para Family Office: o que é e principais vantagens Confira as principais vantagens do BPO Financeiro para Family Office. O BPO Financeiro é uma solução que permite terceirizar as atividades financeiras de uma empresa.  Essa prática pode trazer diversos benefícios para os Family Offices, sendo empresas que gerenciam

Entenda o papel dos Multi Family Offices para famílias abastadas

Multi family office: Compreenda o que é e o que faz! Saiba como os Multi Family Offices oferecem expertise profissional, personalização e eficiência de custos para atender às necessidades da gestão financeira. As famílias abastadas, muitas vezes, enfrentam desafios únicos quando se trata de gerenciar suas finanças, investimentos e patrimônio. 

Proteção patrimonial para family office: como funciona?

Proteção patrimonial para family office: como funciona? Fique por dentro do conceito, como funciona e quais os principais benefícios da proteção patrimonial para o family office. Saiba como realizá-la! A proteção patrimonial é uma estratégia que visa preservar e aumentar o valor do patrimônio de uma pessoa ou de uma

Family Office: uma opção viável para todas as famílias.

Family Office: entenda como esse serviço pode ajudar sua família O Family Office é uma estrutura de gestão de patrimônio que foi tradicionalmente associada a famílias extremamente ricas.  Descubra como o conceito evoluiu e agora está se tornando cada vez mais acessível e benéfico para famílias de diferentes níveis de