Insourcing x Outsourcing: Qual a melhor estratégia para minha empresa?

Fale com um especialista agora gratuitamente!
Nesse artigo você vai ver:

Administrar uma empresa não é uma tarefa fácil, concorda?

Além de desenvolver as atividades principais da organização, é necessário cumprir com todas as obrigações e suprir todas as necessidades do Governo, dos colaboradores e dos consumidores.

Para otimizar todos os serviços que não são considerados o core business da empresa, muitos gestores optam por duas estratégias, conhecidas como: insourcing e outsourcing.

Você já ouviu falar delas?

Nesse post vamos entender o que são essas estratégias, quais são os seus benefícios e analisar em quais situações o insourcing e outsourcing são as melhores decisões, acompanhe:

 

Outsourcing: Uma estratégia de “terceirização externa”

De forma geral, podemos dizer que Outsourcing é a contratação de uma empresa para realizar atividades que a organização contratante não tem conhecimento ou infraestrutura para executar, mas cujos serviços são necessários e essenciais ao seu funcionamento.

O Outsourcing é utilizado para os mais diversos setores de uma empresa, podendo ser contratado para realizar serviços de limpeza, tecnologia e até mesmo financeiro e comunicação.

Veja a seguir quais são as suas principais vantagens e benefícios:

 

Redução de custos e despesas operacionais:

Uma das razões pelas quais as empresas mais buscam o Outsourcing, está relacionado com a diminuição de custos com infraestrutura, processos e colaboradores.

Quando uma organização é contratada para realizar atividades secundárias de uma empresa, não há a necessidade de criar um departamento, alterar as estruturas do escritório e nem de contratar profissionais especializados.

Dessa forma, a empresa economiza com infraestrutura e pessoal e ainda dispõe de especialistas e tecnologia que não existem em seu empreendimento.

+ Sua empresa gasta mais do que fatura? Veja 05 dicas para reduzir os custos!

 

Foco total no core business da empresa:

Você certamente já deve ter lido essa frase em algum lugar da internet: “concentre-se no que faz de melhor e deixe o restante para especialistas”.

Esse conceito, de modo geral, resume o objetivo do Outsourcing. Na medida que uma outra organização é contratada para realizar algumas atividades secundárias, a empresa contratante consegue planejar melhor as metas e os objetivos organizacionais e possui mais tempo para desenvolve-las no seu empreendimento.

 

Atualização constante do serviço:

E por último, mas não menos importante, o Outsourcing também permite a atualização constante dos serviços secundários da empresa!

Alguns setores, como a contabilidade geral e a contabilidade fiscal, por exemplo, necessitam estar sempre atentos as novidades e atualizações que são lançadas frequentemente pelo Governo, sob pena de multa ou advertência da Administração Pública.

Mas não para por aí, a tecnologia e a competitividade do mercado também exigem inovação, a fim de evitar ter em mãos um negócio arcaico e retrógrado.

 

E qual a sua diferença com a Terceirização?

Embora tenham nomes diferentes, tanto o Outsourcing quanto a Terceirização, referem-se à transferência de uma tarefa, serviço ou manutenção a uma empresa, pessoa ou organização.

Porém, a terceirização está ligada a serviços mais braçais, como portaria e segurança, e geralmente não precisam de conhecimento técnico específico.

Já o Outsourcing, tem como objetivo designar serviços a terceiros, sendo que este trabalho demanda de equipamentos e/ou mão de obra especializada.

 

Insourcing: Uma estratégia de “terceirização interna”

Ao contrário do Outsourcing, o Insourcing é a estratégia de manter todos os serviços de uma empresa operando internamente, sem a contratação de fornecedores para terceirizar serviços e projetos.

Trata-se da contratação de profissionais especializados e a criação de um departamento dentro da empresa para atender as atividades organizacionais secundárias.

Existem diversos fatores que levam empresas a inserirem em sua estrutura, novas áreas que realizam atividades especializas, sendo as principais:

 

Ter o domínio de todos os processos organizacionais:

Alguns gestores gostam de ter o total controle sobre seus processos e, por isso, preferem manter a execução de todas as atividades dentro da própria empresa.

Ao utilizar serviços Outsourcing, por exemplo, você passar parte do controle dos procedimentos aos seus fornecedores, que tem como objetivo entregar o processo já pronto.

É importante ficar atento a um detalhe: Manter esse controle internamente pode gerar maiores custos ao negócio, já que é preciso dispor de pessoal e recursos para o novo departamento!

 

Aumentar a vantagem competitiva:

Quando uma atividade é mantida dentro dos limites da empresa (através da estratégia de Insourcing), os colaboradores já conhecem todo o processo e o direcionamento do negócio: entendem suas peculiaridades e sabem como tudo funciona.

Uma solução Outsourcing pode demandar um período de médio a longo prazo para a sua adaptação, pois a empresa contratada é especializada em uma determinada atividade, que precisará ser adequada à realidade de sua empresa.

 

Controlar melhor o tempo e os recursos da empresa:

Ao inserir as atividades secundárias para dentro da sua organização, é possível controlar melhor o tempo que será destinado a realização das tarefas e os recursos corporativos que serão necessários para sua execução.

Sendo assim, pode haver uma redução de custos e tempo e os investimentos podem ser melhor direcionados as necessidades do setor.

 

Considerações Finais

Ao final desse post, você conseguiu responder a principal pergunta desse artigo: “Insourcing x Outsourcing: Qual a melhor estratégia para minha empresa?’

Para chegar a resposta dessa pergunta, cada gestor deverá avaliar os processos e os gargalos do seu negócio, a fim de analisar qual estratégia trará mais benefícios para sua organização.

Além disso, também é saudável utilizar essas duas estratégias em conjunto, já que é importante que a empresa tenha sua própria equipe e infraestrutura, mas também busque parceiros no mercado que possam incrementar seu poder tecnológico.

Se você quiser conversar mais sobre Insourcing ou Outsourcing ou tiver alguma dúvida a respeito, mande um e-mail para cinthia@diretocontabilidade.com.br. Sua dúvida pode ser a mesma dos outros gestores!

Aproveitando que você está por aqui, que tal conferir esses outros posts sobre Consultoria:

Por Cinthia Sayuri, departamento de Marketing da Direto Contabilidade, Gestão e Consultoria! ?

Compartilhe nas redes:

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Artigo - Direto Group - Contabilidade em São Paulo - SP

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Planejamento tributário para Family Office: Faça corretamente!

Planejamento tributário para Family Office, você sabe como fazer corretamente?  Então, fique tranquilo! Elaboramos este artigo para que você tire suas dúvidas de como funciona este tipo de planejamento tributário e tudo o que envolve sua estrutura!  O planejamento tributário é uma atividade que tem por objetivo diminuir a carga

BPO Financeiro para Family Office: principais vantagens

BPO Financeiro para Family Office: o que é e principais vantagens Confira as principais vantagens do BPO Financeiro para Family Office. O BPO Financeiro é uma solução que permite terceirizar as atividades financeiras de uma empresa.  Essa prática pode trazer diversos benefícios para os Family Offices, sendo empresas que gerenciam

Entenda o papel dos Multi Family Offices para famílias abastadas

Multi family office: Compreenda o que é e o que faz! Saiba como os Multi Family Offices oferecem expertise profissional, personalização e eficiência de custos para atender às necessidades da gestão financeira. As famílias abastadas, muitas vezes, enfrentam desafios únicos quando se trata de gerenciar suas finanças, investimentos e patrimônio. 

Proteção patrimonial para family office: como funciona?

Proteção patrimonial para family office: como funciona? Fique por dentro do conceito, como funciona e quais os principais benefícios da proteção patrimonial para o family office. Saiba como realizá-la! A proteção patrimonial é uma estratégia que visa preservar e aumentar o valor do patrimônio de uma pessoa ou de uma

Family Office: uma opção viável para todas as famílias.

Family Office: entenda como esse serviço pode ajudar sua família O Family Office é uma estrutura de gestão de patrimônio que foi tradicionalmente associada a famílias extremamente ricas.  Descubra como o conceito evoluiu e agora está se tornando cada vez mais acessível e benéfico para famílias de diferentes níveis de