Passos essenciais para abrir seu negócio.

Fale com um especialista agora gratuitamente!
Nesse artigo você vai ver:

Empreender exige muito mais do que determinação e ter uma ideia de negócio nas mãos, administrar as finanças, gerenciar funcionários e lidar com problemas operacionais são algumas das diversas tarefas enfrentadas diariamente por um empresário, mas o que vem antes disso? 

Atualmente muitas pessoas tem a ambição de empreender, e muitas vezes se pegam pensando em como dar o primeiro passo de forma correta, ter o próprio negócio pode ser a realização de um sonho para muitas pessoas, mas só em pensar nos desafios a serem trilhados para abrir uma empresa, pode haver aquele receio inicial. 

Se você pensa em empreender mas não sabe por onde começar nós estamos aqui para te ajudar com isso. 

 

O que é preciso saber para abrir uma empresa ?

Quanto custa

O custo médio de abertura de uma empresa é de R$ 2.038, podendo variar em até 274% entre os diferentes municípios do país, existem também despesas indiretas que pesam no bolso do empresário. São despesas, como aluguel, reforma do ponto comercial e honorários do contador, que são sustentadas antes mesmo de iniciar suas atividades. 

Em determinados casos você também pode optar por começar seu negócio como MEI, EI ou EIRELI

Outro fator que influencia bastante no contexto geral sobre valor necessário para abrir uma empresa e na manutenção do negócio é a escolha do regime tributário, pois é o responsável por determinar os impostos que serão pagos pela empresa mensal e anualmente. 

Como os custos para abertura da empresa variam muito de acordo com as características de cada negócio, o melhor a fazer é procurar ajuda profissional para avaliar as possibilidades e identificar a melhor forma de fazer a abertura da empresa, visando minimizar os custos iniciais mas também garantir a sustentabilidade do negócio adotando o melhor regime.

Registre sua empresa

A formalização do seu negócio é o primeiro passo para o início das suas atividades empresariais, mas você precisa ficar atento para realizar corretamente todas as inscrições, licenças e alvarás necessários. 

Para funcionar legalmente você irá precisar de um CNPJ,  estar inscrito na Previdência Social, e uma série de licenças, registros e alvarás municipais e estaduais.

Lembre-se que para cada ramo de atividade ou  forma de constituição escolhida para abrir sua empresa, você precisará de autorizações distintas, pois a legislação do município e do estado onde sua empresa será instalada também pode exigir inscrições específicas.

Para te ajudar nesse importante passo empresarial, reunimos alguns documentos necessários para a abertura do seu negócio.   

Busque informações de alta qualidade customizada para o seu modelo de negócio 

Toda empresa para ser duradoura e forte no mercado tem a necessidade de ter informações de qualidade e precisas que tenham foco na sua gestão e principalmente no modelo de negócio, não apenas em fornecer dados vagos que não tenham grande impacto  no alcance dos seus resultados.

O suporte de uma assessoria de uma contabilidade customizada além de auxiliar na sua abertura, organização, também é responsável por garantir as vendas, geração de caixa, e lucro líquido da empresa.

Registro na junta comercial

É a partir desse registro que sua empresa passará a existir oficialmente. Ele deve ser feito antes da obtenção do CNPJ e, apesar de não oferecer autorização para sua empresa começar a funcionar, é requisito essencial para prosseguir no processo de legalização. 

Contrato social

Basicamente, a elaboração do contrato social irá definir as participações de capital de cada sócio do empreendimento, bem como definir quais serão as atividades da empresa e seu funcionamento, e depois verificar se o nome e o objeto social da empresa encontram-se disponíveis para que o documento seja elaborado, que deverá ser reconhecido em cartório e assinado por um advogado.

Inscrição estadual

A maioria dos estados possui um convênio com a Receita Federal que lhe possibilita obter a inscrição estadual pela internet junto com o seu CNPJ, por meio de um cadastro único. 

Essa inscrição é obrigatória para empresas que prestam serviços de comunicação e energia, além das empresas dos setores do comércio, indústria e serviços de transporte intermunicipal e interestadual, pois é a partir dela que você recebe a sua inscrição no ICMS. 

Alvará de funcionamento

O alvará de funcionamento, ele é a autorização final que lhe permite abrir as portas do seu negócio. Para o obter, você precisa comprovar na prefeitura da sua cidade que reúne todas as condições exigidas por lei para exercer a atividade de sua empresa. 

Essas condições podem variar de acordo com o município, estado e ramo de atividade.

 

Agora que você sabe todos os documentos necessários aqui vão algumas dicas para se sair bem durante esse processo. 

Defina o capital inicial

É de extrema importância projetar qual será o investimento inicial do seu negócio, ou seja, aquele valor que você irá precisar gastar para que sua empresa possa iniciar com alguma segurança, sem sustos.

Isso é um dos pontos-chave do plano de negócios, algo que você precisará desenvolver neste início de jornada empreendedora. 

Os primeiros gastos a serem calculados, e que já devem entrar em um plano de negócios para que sejam identificados os valores iniciais de investimento, são os custos para abrir empresa, considerando aí também os gastos com todas as taxas. 

Separe finanças pessoais das finanças da empresa

Em um período em que muito provavelmente a empresa ainda não irá gerar receita suficiente para se manter e que certamente ainda não foi possível a captação de possíveis investimentos, é um movimento muito natural cometer um erro básico: misturar finanças pessoas e finanças da empresa, apesar de ser uma ideia bastante simples, muitos empresários iniciantes têm dificuldade de dissociar uma coisa com a outra.

Para que isso seja evitado, tudo começa com um planejamento financeiro adequado, desta forma, será possível manter um fluxo de caixa da empresa e ter controle do que são suas despesas recorrentes.

Descreva os resultados que deseja serem atingidos

Saiba identificar onde você está e aonde pretende chegar, ou seja, saiba descrever suas metas e trabalhe sempre pensando em concluir seus objetivos, pense como algo maior a ser alcançado, um fim a que você se propõe, para atingir esse objetivo é importante traçar várias metas, que diferentemente dos objetivos, normalmente envolve prazos, custos, números, métricas, de uma forma geral.

 

Considerações finais

Por mais que abrir uma empresa possa parecer trabalhoso, com a ajuda de profissionais qualificados e especializados tudo pode ser mais fácil, por isso contar com ajuda é sempre um bom caminho para dar o primeiro passo. 

Caso você tenha ficado com alguma dúvida, você pode consultar uma empresa como a DIRETO Contabilidade, Gestão e Consultoria.

Entre em contato conosco, que tanto eu, quanto outras pessoas estaremos à disposição para bater um papo com você!

Por Ana Clara, departamento de Marketing do Grupo DIRETO

 

Compartilhe nas redes:

Precisa de uma contabilidade que entende do seu negócio ?

Encontrou! clique no botão abaixo e fale conosco!

Artigo - Direto Group - Contabilidade em São Paulo - SP

Deixe um comentário

Veja também

Posts Relacionados

Planejamento tributário para Family Office: Faça corretamente!

Planejamento tributário para Family Office, você sabe como fazer corretamente?  Então, fique tranquilo! Elaboramos este artigo para que você tire suas dúvidas de como funciona este tipo de planejamento tributário e tudo o que envolve sua estrutura!  O planejamento tributário é uma atividade que tem por objetivo diminuir a carga

BPO Financeiro para Family Office: principais vantagens

BPO Financeiro para Family Office: o que é e principais vantagens Confira as principais vantagens do BPO Financeiro para Family Office. O BPO Financeiro é uma solução que permite terceirizar as atividades financeiras de uma empresa.  Essa prática pode trazer diversos benefícios para os Family Offices, sendo empresas que gerenciam

Entenda o papel dos Multi Family Offices para famílias abastadas

Multi family office: Compreenda o que é e o que faz! Saiba como os Multi Family Offices oferecem expertise profissional, personalização e eficiência de custos para atender às necessidades da gestão financeira. As famílias abastadas, muitas vezes, enfrentam desafios únicos quando se trata de gerenciar suas finanças, investimentos e patrimônio. 

Proteção patrimonial para family office: como funciona?

Proteção patrimonial para family office: como funciona? Fique por dentro do conceito, como funciona e quais os principais benefícios da proteção patrimonial para o family office. Saiba como realizá-la! A proteção patrimonial é uma estratégia que visa preservar e aumentar o valor do patrimônio de uma pessoa ou de uma

Family Office: uma opção viável para todas as famílias.

Family Office: entenda como esse serviço pode ajudar sua família O Family Office é uma estrutura de gestão de patrimônio que foi tradicionalmente associada a famílias extremamente ricas.  Descubra como o conceito evoluiu e agora está se tornando cada vez mais acessível e benéfico para famílias de diferentes níveis de